Quer analisar, controlar e monitorar sua carteira de ações?
Se você tem o objetivo em investir no longo prazo para formação de um patrimônio sólido com menor risco, confira como nós podemos te ajudar:

 07/07/2020 - PETR3 - Comunicado ao Mercado - www.petrobras.com.br/ri Para mais informações: PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. ? PETROBRAS | Relações com Investidores

Publicado por: Austrux

   www.petrobras.com.br/ri
   Para mais informações:
   PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. ? PETROBRAS | Relações com Investidores
   e-mail: petroinvest@petrobras.com.br/acionistas@petrobras.com.br
   Av. República do Chile, 65 ? 1002 ? 20031-912 ? Rio de Janeiro, RJ.
   Tel.: 55 (21) 3224-1510/9947 | 0800-282-1540
   Este documento pode conter previsões segundo o significado da Seção 27A
   da Lei de Valores Mobiliários de 1933, conforme alterada (Lei de
   Valores Mobiliários) e Seção
   21E da lei de Negociação de Valores Mobiliários de 1934 conforme
   alterada (Lei de Negociação) que refletem apenas expectativas dos
   administradores da Companhia.
   Os termos: ?antecipa?, ?acredita?, ?espera?, ?prevê?, ?pretende?,
   ?planeja?, ?projeta?, ?objetiva?, ?deverá?, bem como outros termos
   similares, visam a identificar tais
   previsões, as quais, evidentemente, envolvem riscos ou incertezas,
   previstos ou não, pela Companhia. Portanto, os resultados futuros das
   operações da Companhia
   podem diferir das atuais expectativas, e, o leitor não deve se basear
   exclusivamente nas informações aqui contidas.
   Petrobras sobre descomissionamento de plataformas
   ?
   Rio de Janeiro, 07 de julho de 2020 ? A Petróleo Brasileiro S.A. ?
   Petrobras informa que, após
   aprovação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e
   Biocombustíveis (ANP), do Instituto
   Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA)
   e da Marinha, iniciou o
   descomissionamento da plataforma P-12, na Bacia de Campos. Também estão
   previstos para
   2020 os descomissionamentos da P-07 e P-15, na Bacia de Campos, e da
   FPSO Piranema na Bacia
   de Sergipe-Alagoas.
   De acordo com o Plano Estratégico da companhia para 2020-2024, 18
   plataformas de produção
   serão descomissionadas até 2024.
   O descomissionamento das plataformas será realizado de acordo com as
   melhores práticas
   mundiais. Em parceria com outras empresas e com a comunidade
   científica, foram desenvolvidas
   metodologias que permitem a identificação da alternativa que melhor
   equilibra os aspectos de
   segurança, meio ambiente, técnico, social e econômico.
   As plataformas P-07, P-12 e P-15 serão ofertadas em leilão público
   previsto para ocorrer no mês
   de julho.

Veja mais na fonte: B3 / Bovespa

 07/07/2020 - CMIG3 - Fato Relevante - COMPANHIA ENERGÉTICA DE MINAS GERAIS - CEMIG COMPANHIA ABERTA CNPJ 17.155.730/0001-64

Publicado por: Austrux

   COMPANHIA ENERGÉTICA DE MINAS GERAIS - CEMIG
   COMPANHIA ABERTA
   CNPJ 17.155.730/0001-64
   NIRE 31300040127
   FATO RELEVANTE
   A COMPANHIA ENERGÉTICA DE MINAS GERAIS ? CEMIG (?Cemig?), companhia
   aberta, com
   ações negociadas nas bolsas de valores de São Paulo, Nova Iorque e
   Madri, vem a público informar, nos
   termos da Instrução CVM nº 358 de 03/01/2002, conforme alterada, à
   Comissão de Valores Mobiliários -
   CVM, à B3 S.A. - Brasil, Bolsa, Balcão (?B3?) e ao mercado em geral que
   sua coligada, Renova Energia
   S.A. (?Renova?) divulgou, nesta data, o seguinte Fato Relevante:
   ?A Renova Energia S.A. ? Em Recuperação Judicial (RNEW3; RNEW 4 e
   RNEW11)
   (?Companhia? ou ?Renova?), em atendimento à Instrução CVM nº 358/2002
   informa aos
   seus acionistas e ao público em geral que protocolou, na presente data,
   2 (dois) novos Planos
   de Recuperação Judicial, sendo um plano referente exclusivamente às
   Sociedades do Projeto
   Alto Sertão III ? Fase A vinculadas ao financiamento originalmente
   obtido junto ao BNDES
   e um segundo plano contemplando a Companhia e as demais Sociedades em
   recuperação
   judicial do Grupo Renova, em trâmite perante 2º Vara de Falências e
   Recuperações Judiciais
   da Comarca do Estado de São Paulo, nos autos do Processo de Recuperação
   Judicial nº
   1103257-54.2019.8.26.0100.
   O protocolo de 02 (dois) planos visa a busca de uma estrutura de
   recuperação que possibilite
   atender melhor aos interesses de credores e recuperandas.
   Todos os documentos exigidos pela Lei das S.A. e pelas normas da CVM
   aplicáveis,
   relacionados à matéria objeto deste fato relevante, encontram-se à
   disposição dos acionistas
   da Companhia em seu website (www.ri.renovaenergia.com.br). A cópia do
   material também
   está disponível no sistema Empresas.NET da CVM (www.cvm.com.br) e no
   website da B3
   (www.b3.com.br)
   A Companhia reitera o compromisso de manter os acionistas e o mercado
   em geral devida e
   oportunamente informados nos termos da legislação aplicável. ?
   Belo Horizonte, 06 de julho de 2020.
   Leonardo George de Magalhães
   Diretor de Finanças e Relações com Investidores

Veja mais na fonte: B3 / Bovespa

 06/07/2020 - Maiores volumes financeiros negociados: VALE3(0.86%) / MGLU3(-1.13%)

Publicado por: Austrux

Os maiores destaques de volume financeiro negociados de hoje foram para as ações de VALE S.A. VALE3(0.86%) e MAGAZINE LUIZA S.A. MGLU3(-1.13%).

Segue os 10 destaques das maiores ações com mais volumes financeiros negociados do dia:

* VALE S.A. (VALE3) oscilaram (0.86%), com volume financeiro de R$1.328.536.374 sendo negociada no final do pregão a R$56.57 com preço de abertura de R$56.09.

* PETROLEO BRASILEIRO S.A. PETROBRAS (PETR4) oscilaram (0.54%), com volume financeiro de R$1.310.144.423 sendo negociada no final do pregão a R$22.51 com preço de abertura de R$22.39.

* BCO BRADESCO S.A. (BBDC4) oscilaram (3.42%), com volume financeiro de R$1.275.918.138 sendo negociada no final do pregão a R$22.65 com preço de abertura de R$21.9.

* COGNA EDUCAÇÃO S.A. (COGN3) oscilaram (-5.59%), com volume financeiro de R$1.008.973.570 sendo negociada no final do pregão a R$7.6 com preço de abertura de R$8.05.

* ITAU UNIBANCO HOLDING S.A. (ITUB4) oscilaram (2.25%), com volume financeiro de R$808.062.118 sendo negociada no final do pregão a R$27.73 com preço de abertura de R$27.12.

* LOJAS AMERICANAS S.A. (LAME4) oscilaram (3.85%), com volume financeiro de R$741.192.253 sendo negociada no final do pregão a R$32.6 com preço de abertura de R$31.39.

* VIA VAREJO S.A. (VVAR3) oscilaram (-0.25%), com volume financeiro de R$710.511.557 sendo negociada no final do pregão a R$15.96 com preço de abertura de R$16.

* IRB - BRASIL RESSEGUROS S.A. (IRBR3) oscilaram (-4.71%), com volume financeiro de R$664.841.662 sendo negociada no final do pregão a R$9.51 com preço de abertura de R$9.98.

* BCO BRASIL S.A. (BBAS3) oscilaram (0.9%), com volume financeiro de R$660.264.921 sendo negociada no final do pregão a R$34.67 com preço de abertura de R$34.36.

* MAGAZINE LUIZA S.A. (MGLU3) oscilaram (-1.13%), com volume financeiro de R$589.520.768 sendo negociada no final do pregão a R$71.99 com preço de abertura de R$72.81.


O volume financeiro total das 10 ações de maiores volumes foram de: R$9.097.965.784

 06/07/2020 - Maiores oscilações alta/baixa IDNT3(24.75%) / HOOT4(-9.12%)

Publicado por: Austrux

Os maiores destaques de oscilação de hoje foram para as ações de IDEIASNET S.A. IDNT3(24.75%) e HOTEIS OTHON S.A. HOOT4(-9.12%).

Segue os destaques das maiores oscilações do dia:

* IDEIASNET S.A. (IDNT3) oscilaram (24.75%), sendo negociada no final do pregão a R$6.25 com preço de abertura de R$5.01.

* JOAO FORTES ENGENHARIA S.A. (JFEN3) oscilaram (15.53%), sendo negociada no final do pregão a R$4.91 com preço de abertura de R$4.25.

* MONTEIRO ARANHA S.A. (MOAR3) oscilaram (12.85%), sendo negociada no final do pregão a R$180 com preço de abertura de R$159.5.

* MANGELS INDUSTRIAL S.A. (MGEL4) oscilaram (11.94%), sendo negociada no final do pregão a R$6 com preço de abertura de R$5.36.

* BIOSEV S.A. (BSEV3) oscilaram (11.41%), sendo negociada no final do pregão a R$4.1 com preço de abertura de R$3.68.

* BCO MERCANTIL DE INVESTIMENTOS S.A. (BMIN4) oscilaram (-6.83%), sendo negociada no final do pregão a R$19.37 com preço de abertura de R$20.79.

* BCO INDUSVAL S.A. (IDVL4) oscilaram (-7.14%), sendo negociada no final do pregão a R$3.25 com preço de abertura de R$3.5.

* METALFRIO SOLUTIONS S.A. (FRIO3) oscilaram (-8.33%), sendo negociada no final do pregão a R$110 com preço de abertura de R$120.

* BCO MERCANTIL DE INVESTIMENTOS S.A. (BMIN3) oscilaram (-8.57%), sendo negociada no final do pregão a R$21.03 com preço de abertura de R$23.

* HOTEIS OTHON S.A. (HOOT4) oscilaram (-9.12%), sendo negociada no final do pregão a R$2.89 com preço de abertura de R$3.18.

 03/07/2020 - Proventos pago por: GEPA3

Publicado por: Austrux

A empresa RIO PARANAPANEMA ENERGIA S.A. (GEPA3) informou proventos de R$1.3251 por ação (DIVIDENDO).
Farão jus aos proventos os acionistas que estirem posicionados no ativo no dia 2020-07-03.
Essa decisão foi tomada e aprovada no dia 2020-07-03.

 03/07/2020 - Proventos pago por: GEPA4

Publicado por: Austrux

A empresa RIO PARANAPANEMA ENERGIA S.A. (GEPA4) informou proventos de R$1.3251 por ação (DIVIDENDO).
Farão jus aos proventos os acionistas que estirem posicionados no ativo no dia 2020-07-03.
Essa decisão foi tomada e aprovada no dia 2020-07-03.

 03/07/2020 - Proventos pago por: BIDI3

Publicado por: Austrux

A empresa BANCO INTER S.A. (BIDI3) informou proventos de R$0.0231 por ação (JRSCAPPROPRIO).
Farão jus aos proventos os acionistas que estirem posicionados no ativo no dia 2020-07-03.
Essa decisão foi tomada e aprovada no dia 2020-06-25.

 03/07/2020 - Proventos pago por: BIDI4

Publicado por: Austrux

A empresa BANCO INTER S.A. (BIDI4) informou proventos de R$0.0231 por ação (JRSCAPPROPRIO).
Farão jus aos proventos os acionistas que estirem posicionados no ativo no dia 2020-07-03.
Essa decisão foi tomada e aprovada no dia 2020-06-25.

 03/07/2020 - Proventos pago por: BIDI4

Publicado por: Austrux

A empresa BANCO INTER S.A. (BIDI4) informou proventos de R$0.0694 por ação (JRSCAPPROPRIO).
Farão jus aos proventos os acionistas que estirem posicionados no ativo no dia 2020-07-03.
Essa decisão foi tomada e aprovada no dia 2020-06-25.

 06/07/2020 - ENBR3 - Fato Relevante - Fato Relevante São Paulo, 06 de julho de 2020 ? A EDP - Energias do Brasil S.A. (?EDP Brasil? ou ?Companhia?) (B3: ENBR3) comunica

Publicado por: Austrux

   Fato Relevante
   São Paulo, 06 de julho de 2020 ? A EDP - Energias do Brasil S.A. (?EDP
   Brasil? ou ?Companhia?) (B3: ENBR3) comunica
   que na presente data foi divulgado comunicado pela EDP ? Energias de
   Portugal, S.A. (?EDP?), informando a suspensão
   do Dr. António Mexia de suas funções como Presidente do Conselho de
   Administração Executivo da EDP. A referida
   suspensão é decorrente do processo em curso relativo à cessação dos
   Contratos de Aquisição de Energia (CAE) e
   transição para o regime de Custos de Manutenção do Equilíbrio
   Contratual (CMEC) e à extensão da utilização do
   Domínio Público Hídrico (DPH). A decisão proferida não é definitiva,
   mantendo-se o processo em fase de inquérito.
   Face ao acima exposto, o Conselho de Administração (?CA?) da Companhia,
   em reunião ocorrida na presente data e
   com o parecer favorável do Comitê de Governança Corporativa e Partes
   Relacionadas, deliberou pela atribuição
   interina ao Vice-Presidente do CA, Eng. Miguel Nuno Simões Nunes
   Ferreira Setas, das funções de coordenação dos
   trabalhos gerais do CA e da interlocução com o Acionista Controlador,
   em acumulação às suas atuais funções como
   Diretor Presidente e de Relações com Investidores.
   A EDP Brasil reafirma sua determinação na implementação de seu Plano de
   Negócios 2019-2022, mantendo seu
   compromisso de criação de valor sustentável para os seus acionistas e
   todas suas partes interessadas.
   A Companhia manterá seus acionistas e o mercado em geral devidamente
   informados sobre eventuais
   desdobramentos acerca dos fatos aqui descritos.
   Miguel Nuno Simões Nunes Ferreira Setas
   Diretor Presidente e de Relações com Investidores
   Anexo:
   Esclarecimento sobre suspensão de Funções de Presidente e Membro do
   Conselho de Administração Executivo ? divulgado pela EDP
   Portugal em 6 de julho de 2020

Veja mais na fonte: B3 / Bovespa

 06/07/2020 - CCRO3 - Comunicado ao Mercado - 1 CCR ViaCosteira São Paulo 06 de julho de 2020 - A CCR S.A. (?CCR?) (B3:CCRO3;

Publicado por: Austrux

   1
   CCR ViaCosteira
   São Paulo 06 de julho de 2020 - A CCR S.A. (?CCR?) (B3:CCRO3;
   Bloomberg:CCRO3BZ; Reuters:CCRO3.SA) comunica aos seus acionistas e ao
   mercado em geral que, na data de hoje, em linha com os Fatos Relevantes
   divulgados pela CCR em 21/02/2020 e 09/04/2020, a Concessionária
   Catarinense
   de Rodovias S.A. (?CCR ViaCosteira?), controlada direta da CCR, e a
   União Federal,
   por intermédio da Agência Nacional de Transportes Terrestres (?ANTT?),
   assinaram
   o Contrato de Concessão nº 01/2020 para a exploração da infraestrutura
   e da
   prestação do serviço público de recuperação, operação, manutenção,
   monitoração,
   conservação, implantação de melhorias, ampliação de capacidade e
   manutenção
   do nível de serviço do Sistema Rodoviário da Rodovia BR-101/SC, entre
   Paulo
   Lopes (km 244+680) e a divisa dos Estados de Santa Catarina e Rio
   Grande do Sul
   (km 465+100).
   A Concessão terá um prazo de 30 (trinta) anos, contados a partir da
   Data da
   Assunção (assinatura do Termo de Arrolamento e Transferência de Bens),
   conforme
   previsto no respectivo Edital.
   A assinatura do Contrato de Concessão representa a concretização de
   mais uma
   importante etapa do planejamento estratégico da CCR, que visa o seu
   crescimento
   qualificado, agregar valor aos acionistas e contribuir para o
   desenvolvimento
   socioeconômico e ambiental das regiões onde atuamos.
   Para Divulgação Imediata
   B3: CCRO3
   Bloomberg: CCRO3 BZ
   Thomson Reuters: CCRO3-BR
   www.ccr.com.br/ri
   Waldo Perez ? CFO e Diretor de
   Relações com Investidores
   waldo.perez@grupoccr.com.br
   Tel: 55 (11) 3048-5961
   Diretoria de Relações com
   Investidores
   invest@grupoccr.com.br
   Marcus Macedo
   marcus.macedo@grupoccr.com.br
   Tel: 55 (11) 3048-5941
   Flávia Godoy
   flavia.godoy@grupoccr.com.br
   Tel: 55 (11) 3048-5955
   Douglas Ribeiro
   douglas.ribeiro@grupoccr.com.br
   Tel: 55 (11) 3048-6353
   Caique Moraes
   caique.moraes@grupoccr.com.br
   Tel: 55 (11) 3048-2108
   CCR ? CCR S.A., Companhia Aberta,
   com sede na Av. Chedid Jafet, 222
   Bloco B, 5º Andar
   CNPJ: 02.846.056/0001-9
   NIRE: 35.300.158.334

Veja mais na fonte: B3 / Bovespa

 06/07/2020 - CCRO3 - Fato Relevante - * CCR_Fato Relevante_Assinaura do Contrato de Concessão ViaCosteira (BR 101) * CCR_Fato Relevante_Assinaura do Contrato de Concessão ViaCosteira

Publicado por: Austrux

     * CCR_Fato Relevante_Assinaura do Contrato de Concessão ViaCosteira
       (BR 101)
     * CCR_Fato Relevante_Assinaura do Contrato de Concessão ViaCosteira
       (BR 10.._MZT_ENG

   CCR S.A.
   CNPJ/MF nº 02.846.056/0001-97
   NIRE 35.300.158.334
   FATO RELEVANTE
   A CCR S.A. (?Companhia? ou ?CCR?) (B3: CCR03; Bloomberg: CCR03 BZ;
   Reuters:
   CCR03.SA) comunica aos seus acionistas e mercado em geral, em
   continuidade aos Fatos
   Relevantes divulgados nos dias 21/02/2020 e 09/04/2020, que, na
   presente data, a
   Concessionária Catarinense de Rodovias S.A. (?CCR ViaCosteira?),
   subsidiária integral da
   Companhia, e a União Federal, por intermédio da Agência Nacional de
   Transportes
   Terrestres (?ANTT?), assinaram o Contrato de Concessão nº 01/2020
   (?Contrato de
   Concessão?), para a exploração da infraestrutura e da prestação do
   serviço público de
   recuperação, operação, manutenção, monitoração, conservação,
   implantação de
   melhorias, ampliação de capacidade e manutenção do nível de serviço do
   Sistema
   Rodoviário da Rodovia BR-101/SC, entre Paulo Lopes (km 244+680) e a
   divisa dos
   Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul (km 465+100)
   (?Concessão?).
   A Concessão terá um prazo de 30 (trinta) anos, contados a partir da
   Data da Assunção
   (assinatura do Termo de Arrolamento e Transferência de Bens), conforme
   previsto no
   Edital
   de Concessão n.º 02/2019.
   A assinatura do Contrato de Concessão representa a concretização de
   mais uma
   importante etapa do planejamento estratégico da CCR, que visa o seu
   crescimento
   qualificado, agregar valor aos seus acionistas e contribuir para o
   desenvolvimento
   socioeconômico e ambiental das regiões onde atuamos.
   As mesmas informações estão disponibilizadas no site da Companhia,
   www.ccr.com.br/ri.
   São Paulo, 06 de julho de 2020
   CCR S.A.
   Waldo Perez
   Diretor de Relações com Investidores

Veja mais na fonte: B3 / Bovespa

 03/07/2020 - TAEE3 - Consolidada nos últimos 22 dias

Publicado por: Austrux

Nos últimos 22 dias, o ativo ( TAEE3 ) encontra-se em um preço consolidado sendo cotado a R$9.52.

O preço tem variado entre: R$9.21 e R$9.69. Neste preço atual, caso o ativo continue seguindo nossas projeções, sua taxa de pagamentos de proventos esperada/projetada é por volta de 6.19% a.a.

 06/07/2020 - PETR3 - Comunicado ao Mercado - www.petrobras.com.br/ri Para mais informações: PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. ? PETROBRAS | Relações com Investidores

Publicado por: Austrux

   www.petrobras.com.br/ri
   Para mais informações:
   PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. ? PETROBRAS | Relações com Investidores
   e-mail: petroinvest@petrobras.com.br/acionistas@petrobras.com.br
   Av. República do Chile, 65 ? 1002 ? 20031-912 ? Rio de Janeiro, RJ.
   Tel.: 55 (21) 3224-1510/9947 | 0800-282-1540
   Este documento pode conter previsões segundo o significado da Seção 27A
   da Lei de Valores Mobiliários de 1933, conforme alterada (Lei de
   Valores Mobiliários) e Seção 21E da lei
   de Negociação de Valores Mobiliários de 1934 conforme alterada (Lei de
   Negociação) que refletem apenas expectativas dos administradores da
   Companhia. Os termos: ?antecipa?,
   ?acredita?, ?espera?, ?prevê?, ?pretende?, ?planeja?, ?projeta?,
   ?objetiva?, ?deverá?, bem como outros termos similares, visam a
   identificar tais previsões, as quais, evidentemente,
   envolvem riscos ou incertezas, previstos ou não, pela Companhia.
   Portanto, os resultados futuros das operações da Companhia podem
   diferir das atuais expectativas, e, o leitor
   não deve se basear exclusivamente nas informações aqui contidas.
   Petrobras inicia fase não vinculante de termelétricas
   ?
   Rio de Janeiro, 6 de julho de 2020 ? A Petróleo Brasileiro S.A. ?
   Petrobras, em continuidade ao comunicado
   divulgado em 04/06/2020, informa o início da fase não vinculante
   referente à venda de sua participação
   em cinco sociedades de geração de energia elétrica: Brasympe Energia
   S.A. (?Brasympe?), Energética Suape
   II S.A. (?Suape II?), Termoelétrica Potiguar S.A. (?TEP?), Companhia
   Energética Manauara S.A. (CEM) e
   Brentech Energia S.A. (?Brentech?).
   Os potenciais investidores habilitados para esta fase receberão
   instruções sobre o processo de
   desinvestimento, incluindo as orientações para elaboração e envio das
   propostas não vinculantes.
   A presente divulgação está de acordo com as diretrizes para
   desinvestimentos da Petrobras e com o regime
   especial de desinvestimento de ativos pelas sociedades de economia
   mista federais, previsto no Decreto
   9.188/2017.
   Essa operação está alinhada à estratégia de otimização do portfólio e à
   melhoria de alocação do capital da
   companhia, visando à maximização de valor para os seus acionistas.
   Sobre as empresas
   A Petrobras detém 20% da Brasympe, que por sua vez possui 60% da
   Termocabo S.A., que é dona de uma
   usina termelétrica movida a óleo combustível situada em Pernambuco, com
   capacidade instalada de 49,7
   MW.
   A Petrobras detém 20% da Suape II, que é proprietária de uma usina
   termelétrica movida a óleo
   combustível localizada em Pernambuco, com capacidade instalada de
   381,25 MW.
   A Petrobras detém 20% da TEP, que é uma holding que possui participação
   de 60% na Companhia
   Energética Manauara S.A. (CEM) e de 70% na Areia Energia S.A. e Água
   Limpa Energia S.A., proprietárias de
   pequenas centrais hidrelétricas, localizadas em Tocantins, com
   capacidade instalada de 11,4 MW e 14,0
   MW, respectivamente.
   A Petrobras detém 40% da CEM, que possui uma usina termelétrica de
   bicombustível (óleo combustível e
   gás natural) localizada no Amazonas com 85,4 MW de capacidade
   instalada.
   A Petrobras detém 30% da Brentech, proprietária da Usina Termelétrica
   Goiânia II movida a diesel,
   localizada em Goiás, com capacidade instalada de 140,3 MW.

Veja mais na fonte: B3 / Bovespa

 06/07/2020 - KLBN11 - Comunicado ao Mercado - KLABIN S.A. CNPJ/MF nº 89.637.490/0001-45 NIRE 35300188349

Publicado por: Austrux

   KLABIN S.A.
   CNPJ/MF nº 89.637.490/0001-45
   NIRE 35300188349
   Companhia Aberta
   COMUNICADO AO MERCADO
   A KLABIN S.A. (?Klabin? ou "Companhia") reforçando seu engajamento com
   o constante
   aprimoramento de práticas de governança corporativa e transparência
   perante seus
   acionistas e mercado em geral, comunica que aprovou, em reunião
   ordinária do Conselho
   de Administração de 24 de junho de 2020, as políticas de Dividendos e
   Juros Sobre
   Capital Próprio e Endividamento Financeiro, que estabelecem parâmetros
   objetivos
   referentes à gestão financeira da Companhia. As políticas estão
   publicadas no site de
   Relações com Investidores da Klabin e podem ser acessadas por meio do
   link abaixo:
   - Estatuto, Códigos e Políticas
   A aprovação destas políticas reafirma mais uma vez o compromisso da
   Klabin com a
   visão de longo prazo e o desenvolvimento perene dos seus negócios,
   alinhados com a
   geração de valor à sociedade e seus acionistas de forma sustentável.
   São Paulo, 06 de Julho de 2020
   Marcos Paulo Conde Ivo
   Diretor Financeiro e de Relações com Investidores

Veja mais na fonte: B3 / Bovespa

 06/07/2020 - SMLS3 - Fato Relevante - SMILES FIDELIDADE S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n° 05.730.375/0001-20

Publicado por: Austrux

   SMILES FIDELIDADE S.A.
   Companhia Aberta
   CNPJ/MF n° 05.730.375/0001-20
   NIRE 35.300.493.095
   FATO RELEVANTE
   Barueri, 06 de julho de 2020 ? A SMILES FIDELIDADE S.A. (B3: SMLS3)
   (?Smiles? ou
   "Companhia"), em cumprimento à Instrução CVM nº 358, de 03 de janeiro
   de 2002,
   comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que o seu Conselho
   de
   Administração aprovou, por unanimidade, a celebração de uma operação
   comercial
   (?Operação?) entre a Smiles e a Gol Linhas Aéreas S.A. (?GLA?), com
   interveniência
   anuência da Gol Linhas Aéreas Inteligentes S.A. (?GLAI?), que também
   atuará como
   devedora solidária e principal pagadora de todas as obrigações
   assumidas pela GLA.
   A Operação tem por objeto a aquisição, pela Companhia, de
   R$1.200.000.000,00 (um
   bilhão e duzentos milhões de reais) em créditos da GLA para utilização
   futura na
   aquisição de passagens aéreas de emissão da GLA, conforme as condições
   estipuladas
   contratualmente, e a concessão à Smiles, como contrapartida, de
   benefícios e condições
   comerciais.
   Governança Corporativa
   Previamente à deliberação do Conselho de Administração acerca da
   Operação, o Comitê
   Independente da Companhia, formado em sua totalidade por membros
   independentes,
   nos termos do Artigo 16, §§ 1º e 2º, do Estatuto Social da Companhia
   (?Comitê?),
   manifestou-se, por unanimidade, favoravelmente à realização da Operação
   pela
   Companhia.
   A atuação do Comitê teve por único norte a maximização de valor
   econômico para
   Smiles e todos os seus acionistas, respeitando a relação e a
   interdependência comercial
   e operacional existente entre a Companhia, a GLA e a GLAI.
   Nesse aspecto, a Companhia ressalta que o procedimento de governança
   corporativa
   adotado cumpriu o quanto determinado pela lei e pelo Estatuto Social da
   Companhia,
   tendo sido adequado, necessário e suficiente para assegurar a
   independência e
   efetividade da análise, das negociações e da recomendação do Comitê
   quanto à
   Operação em relação a possíveis conflitos de interesse com a GLA e a
   GLAI, preservando
   os interesses da Companhia e de seus acionistas e zelando pela estrita
   comutatividade
   da Operação como um todo.

Veja mais na fonte: B3 / Bovespa

 06/07/2020 - GGBR3 - Comunicado ao Mercado - GERDAU S.A. CNPJ/MF n.º 33.611.500/0001-19 NIRE: 35300520696

Publicado por: Austrux

   GERDAU S.A.
   CNPJ/MF n.º 33.611.500/0001-19
   NIRE: 35300520696
   COMUNIC
   ADO
   A GERDAU S.A. (B3: GGBR), em atendimento ao disposto no Parágrafo 6º do
   Artigo 12 da Instrução CVM N
   o
   358, de 3 de janeiro de 2002, comunica que
   recebeu em 03 de julho de 2020, a informação anexa a este comunicado da
   Capital International Investors (?CII?).
   São Paulo, 06 de julho de 2020.
   Harley Lorentz Scardoelli
   Vice-Presidente Executivo
   Diretor de Relações com Investidores

Veja mais na fonte: B3 / Bovespa

 06/07/2020 - COGN3 - Fato Relevante - FATO RELEVANTE A COGNA EDUCAÇÃO S.A. (B3: COGN3; OTCQX; COGNY) (?Companhia?), em cumprimento ao disposto

Publicado por: Austrux

   FATO RELEVANTE
   A COGNA EDUCAÇÃO S.A. (B3: COGN3; OTCQX; COGNY) (?Companhia?), em
   cumprimento ao disposto
   no § 4º do art. 157 da Lei nº 6.404/76 (?Lei das Sociedades por
   Ações?), na regulamentação da Comissão
   de Valores Mobiliários (?CVM?) e na Instrução da CVM nº 358, de 3 de
   janeiro de 2002, conforme alterada,
   e, em continuidade aos fatos relevantes divulgados em 2 de agosto e 22
   de novembro de 2019, vem
   informar aos seus acionistas e ao mercado em geral que foi realizado,
   nesta data, protocolo público para
   registro (
   Registration Statement on Form F-1
   ) da oferta pública inicial de distribuição de ações classe A de
   emissão da Vasta Platform Limited (?Vasta?), subsidiária integral da
   Companhia devidamente constituída e
   validamente existente sob as leis das Ilhas Cayman que irá consolidar
   as atividades do grupo relacionadas
   a soluções educacionais e digitais voltadas a escolas particulares que
   operam no segmento de educação
   básica, junto à
   U.S. Securities and Exchange Commission
   (?SEC?), em conformidade com os procedimentos
   previstos no
   Securities Act of 1933
   (?Oferta?). A Oferta será realizada exclusivamente no exterior, tendo a
   Vasta pleiteado sua listagem na NASDAQ, nos termos das disposições
   legais aplicáveis, sob a coordenação
   de determinadas instituições financeiras. A Oferta foi aprovada em
   Reunião do Conselho de Administração
   da Companhia realizada nesta data.
   No âmbito da Oferta, também foi aprovado na mesma Reunião que a
   Companhia e a Vasta celebrarão
   Contribution Agreement
   , formalizando a contribuição de 100% (cem por cento) das ações de
   emissão da
   Somos Sistemas de Ensino S.A. (?Somos Sistemas?) e hoje de titularidade
   da Companhia para a Vasta
   (?Contribuição?), até a data de precificação da Oferta.
   Após a Contribuição, a Somos Sistemas passará a
   ser integralmente detida pela Vasta, que, por sua vez, continuará sendo
   controlada integralmente pela
   Companhia.
   Não obstante, necessário reiterar que a efetiva realização da Oferta e
   a definição sobre seu volume estão
   sujeitas, dentre outros fatores, à deliberação final da administração
   da Companhia, à obtenção das
   aprovações societárias competentes, às condições políticas e
   macroeconômica favoráveis, ao interesse de
   investidores e demais fatores alheios à vontade da Companhia e da
   Vasta.
   A Companhia manterá seus acionistas e o mercado em geral devidamente
   informados sobre todos e
   quaisquer desdobramentos ou deliberações a respeito da Oferta,
   respeitadas as restrições constantes das
   normas da CVM e demais leis aplicáveis.
   Uma declaração de registro relacionada às ações classe A da Vasta foi
   arquivada na SEC, mas
   ainda não se tornou efetiva. Dessa forma, esses valores mobiliários não
   podem ser vendidos,
   nem ofertas de compra podem ser aceitas antes do momento em que a
   declaração de registro
   se torna efetiva.
   Este fato relevante tem caráter exclusivamente informativo, nos termos
   da legislação em
   vigor, e não deve ser considerado como um anúncio de oferta de venda ou
   uma solicitação de
   uma oferta de compra das ações classe A da Vasta, nem deverá haver
   qualquer venda das
   ações classe A da Vasta em qualquer estado ou jurisdição em que tal
   oferta, solicitação ou
   venda seria ilegal antes do registro ou qualificação sob as leis de
   valores mobiliários de
   qualquer um desses estados. Não será realizado nenhum registro da
   Oferta ou esforços de
   colocação das ações classe A da Vasta em qualquer agência ou órgão
   regulador do mercado
   de capitais no Brasil.
   Belo Horizonte/MG, 06 de julho de 2020.
   COGNA EDUCAÇÃO S.A.
   CNPJ/ME nº 02.800.026/0001-40
   NIRE 31.300.025.187
   Companhia Aberta

Veja mais na fonte: B3 / Bovespa

 06/07/2020 - COGN3 - Fato Relevante - 1 COGNA EDUCAÇÃO S.A. CNPJ/ME nº 02.800.026/0001-40

Publicado por: Austrux

   1
   COGNA EDUCAÇÃO S.A.
   CNPJ/ME nº 02.800.026/0001-40
   NIRE 31.300.025.187
   Companhia Aberta
   FATO RELEVANTE
   A Cogna Educação S.A. (B3: COGN3; OTCQX: COGNY) ? ?Cogna? ou
   ?Companhia? em cumprimento ao disposto
   na Instrução CVM nº 358/2002 (?Instrução CVM 358?), conforme alterada,
   e em complementação aos Fatos
   Relevantes divulgados em 13 de novembro de 2019 e 23 de janeiro de
   2020, informa que, devido aos efeitos da
   pandemia da COVID-19, a expectativa de reconhecimento de receita
   relativa ao Valor de Contrato Anual (
   Annual
   Contract Value
   - ACV no acrônimo em Inglês) de R$716 milhões, referentes à serviços e
   produtos de subscrição da
   Vasta Educação (?Vasta?, vertical
   B2B
   de Educação Básica da Cogna) para o ciclo comercial de 2020 (de outubro
   de
   2019 até setembro de 2020), foi reduzida em aproximadamente R$40
   milhões. Essa diminuição é oriunda da maior
   evasão de alunos matriculados nas escolas parceiras, em especial no
   ensino infantil, devido aos efeitos da pandemia.
   Sendo assim, na presente data, levando em consideração os impactos da
   COVID-19, a Companhia acredita que a
   receita dos serviços de subscrição relacionados aos contratos de 2020
   (ACV 2020) crescerá aproximadamente 18%
   em relação ao ano comercial anterior.
   O ACV reportado não se configura como
   guidance
   de crescimento para a receita global da Vasta para 2020 por três
   fatores: (i) o ACV não está relacionado ao ano fiscal; (ii) a Vasta
   possui também outros componentes da receita não
   relacionados aos contratos contidos no ACV, isto é, isoladamente, o ACV
   não é suficiente para que se obtenha a
   receita total da Vasta; e (iii) o valor reportado refere-se ao que já
   foi contratado junto a Vasta, não se caracterizando
   como previsão ou estimativa.
   Adicionalmente, a Companhia informa que a Vasta concluiu com êxito o
   primeiro semestre do processo de formação
   do ACV para o ano comercial 2021, tendo superada sua meta referente a
   este período. A meta para o ACV 2021,
   estabelecida antes da pandemia da COVID-19, não sofreu alterações.
   Belo Horizonte, 6 de julho de 2020.
   Bruno Giardino Roschel de Araujo
   Diretor de Relações com Investidores
   Cogna Educação S.A.

Veja mais na fonte: B3 / Bovespa

 03/07/2020 - TAEE4 - Consolidada nos últimos 22 dias

Publicado por: Austrux

Nos últimos 22 dias, o ativo ( TAEE4 ) encontra-se em um preço consolidado sendo cotado a R$9.52.

O preço tem variado entre: R$9.24 e R$9.8. Neste preço atual, caso o ativo continue seguindo nossas projeções, sua taxa de pagamentos de proventos esperada/projetada é por volta de 6.19% a.a.